CONFIABILIDADE DE VIGAS LONGARINAS DE PONTES DE CONCRETO PROTENDIDO PROJETADAS DE ACORDO COM AS NORMAS NBR-6118:2014 E NBR-7188:2013

Vinícius Heidtmann Avila, Mauro Vasconcellos Real, Márcio Wrague Moura

Resumo


Este trabalho trata da avaliação do índice de confiabilidade de vigas longarinas protendidas de pontes rodoviárias em relação ao estado limite último de ruptura por flexão. Em uma vasta revisão bibliográfica de trabalhos científicos que tratam de confiabilidade estrutural, de elementos estruturais protendidos e de pontes rodoviárias observa-se que nenhum desses trata, especificamente, da confiabilidade de longarinas considerando as normas NBR-6118:2014 e NBR-7188:2013. Foi desenvolvido um modelo mecânico para o cálculo do momento resistente da viga e o Método de Monte Carlo foi utilizado para se obter um conjunto de dados que representam as estatísticas da estrutura no estado limite último. A ponte estudada possui 27,4 m de vão, é bi-apoiada, constituída por quatro vigas de concreto protendido com seção T. Para a obtenção do índice de confiabilidade 𝛽 foi utilizado o método de confiabilidade de primeira ordem (FORM) que se mostrou bastante rápido e eficiente. Os valores obtidos pelo método analítico são validados através do método de simulação de Monte Carlo. Para todos os casos avaliados o valor do índice de confiabilidade foi superior a 4,0, que é superior ao valor mínimo exigido de 3,5, mostrando que as recomendações normativas nacionais para projeto de vigas longarinas garantem um nível de segurança adequado.

Palavras-chave


Confiabilidade; Concreto protendido; Pontes; FORM; Monte Carlo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2020vol5n51194

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Vinícius Heidtmann Vinícius Avila, Mauro Vasconcellos Real, Márcio Wrague Moura

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III