POLÍTICAS DE INOVAÇÃO NO CENÁRIO ENERGÉTICO FOTOVOLTAICO MUNDIAL: ANÁLISE DOS MODELOS DE SUCESSO

Antonio Hevertton Martins Silva, Cássio Rangel Paulista, André Gomes de Lima, Aline Sardinha Cordeiro Morais

Resumo


A geração fotovoltaica (FV) tem crescido cada vez mais em uma escala mundial e tudo indica que continuará crescendo com o tempo. Este trabalho tem como objetivo analisar as políticas de inovação em relação aos modelos adotados a fim de disseminar a energia FV nos cinco maiores países produtores desta energia e no Brasil, visando possibilidades e perspectivas para o mercado brasileiro. Esta pesquisa foi realizada na base Scopus a partir do portal capes com intuito de reunir trabalhos referentes aos sistemas FV, políticas inovadoras e incentivos utilizados para que esta tecnologia fosse difundida nos países escolhidos, sendo possível analisar o cenário brasileiro neste contexto. Nos países onde esta tecnologia foi disseminada com sucesso foi percebido um grande apoio de políticas e incentivos governamentais. O Brasil, embora possua recentes incentivos fiscais, foi identificado que para o crescimento desta ciência, carece de maiores investimentos públicos.


Palavras-chave


Geração fotovoltaica; políticas de inovação; investimento públicos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2017vol2n2399

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Antonio Hevertton Martins Silva

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III

 

Bases indexadas