PROJETO DE SISTEMAS DE ENGENHARIA USANDO ANÁLISE DE CONFIABILIDADE INVERSA

Fran Sérgio Lobato, Márcio Aurélio Silva, Aldemir Ap. Cavalini Jr, Valder Steffen Jr

Resumo


Tradicionalmente, no projeto de sistemas de engenharia considera-se que todas as variáveis presentes não são influenciadas por nenhum tipo de perturbação, isto é, não apresentam incertezas. Todavia, os modelos, o vetor de variáveis de projeto e o vetor de parâmetros podem ser sensíveis a pequenas perturbações, o que pode resultar um projeto com uma configuração diferente da calculada pelo otimizador. Neste contexto, inúmeros são os pesquisadores que têm se dedicado ao desenvolvimento de estratégias para o tratamento de problemas que apresentam incerteza, seja no modelo, no vetor de variáveis, ou no vetor de parâmetros. Neste contexto, a presente contribuição tem por objetivo o desenvolvimento de uma estratégia para o tratamento de incertezas aplicada ao projeto de sistemas de engenharia. Em linhas gerais, a metodologia proposta consiste na associação do algoritmo de Evolução Diferencial com a técnica denominada como Análise de Confiabilidade Inversa. Os resultados obtidos com a aplicação em sistemas de engenharia clássicos demonstram que a metodologia proposta configura-se como uma alternativa interessante para o tratamento de incerteza durante o projeto de sistemas de engenharia.

Palavras-chave


Análise de Confiabilidade Inversa; Otimização; Projeto de sistemas de engenharia; Evolução Diferencial

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2018vol3n2484

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Fran Sérgio Lobato, Márcio Aurélio Silva, Aldemir Ap. Cavalini Jr, Valder Steffen Jr

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III

 

Bases indexadas