SIMULAÇÃO NUMÉRICA DA TRANSFERÊNCIA DE CALOR NA MADEIRA GOMBEIRA

Rodrigo Lobo, João Viana Figueira Filho, Carlos Célio Sousa Cruz

Resumo


Para a melhoria dos processos de secagem de madeira são necessários análises experimentais e o uso das leis físicas governadoras dos processos. Os modelos empregados no aquecimento , primeira fase da secagem , expressam problemas de condução de calor transiente e condições de contorno simplificadas , o que para tais casos possui soluções analíticas. Neste trabalho, foi realizada a modelagem matemática do aquecimento em regime transiente de uma tábua de madeira fazendo o uso de equações empíricas para o cálculo das propriedades térmicas do material. Para a solução do modelo, um algoritmo baseado no método de discretização de equações diferenciais parciais parabólicas é criado utilizando o método explícito. Obteve-se a distribuição de temperaturas no corpo de estudo ao longo do tempo. Simulou-se o aquecimento para diferentes espessuras, massas específicas e calculou-se alguns perfis de temperatura. Foi verificado que o método tem baixo erro e pode ser expandido para fomentar a tomada de decisões sobre o melhor jeito de efetuar o aquecimento inicial de um programa de secagem.


Palavras-chave


transferência de calor, aquecimento, resolução numérica, madeira Gombeira

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2018vol3n2515

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Rodrigo Lobo

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III

 

Bases indexadas