A SIMPLE TEXT ANALYTICS MODEL TO ASSIST LITERARY CRITICISM: COMPARATIVE APPROACH AND EXAMPLE ON JAMES JOYCE AGAINST SHAKESPEARE AND THE BIBLE

Renato Fabbri, Luis Henrique Garcia Ferreira

Resumo


A análise literária, crítica ou os estudos literários é um campo altamente valorizado, com revistas dedicadas e pesquisas, na maioria das vezes, dentro do escopo das humanidades. A analítica textual é um processo auxilado por computador de extração de conhecimento a partir de dados textuais. Neste artigo, descrevemos um modelo simples e genérico de análise literária assistida pela analítica textual. O método utiliza medidas estatísticas de: 1) símbolo e tamanho das frases; e 2) padronização de rede de palavras. Através da análise das componentes principais (PCA), os textos, de escolha do crítico, são observados em relação aos de Shakespeare e aos da Bíblia, tidos como referências máximas da língua inglesa. O modelo é exemplificadocom a análise dos trabalhos de James Joyce (1882-1941), um dos mais importantes escritores do século XX. Nós discutimos a consistência dessa abordagem, as razões pelas quaisevitamos outras técnicas (por exemplo, etiquetação morfossintática), potenciais adaptações e melhoras do modelo proposto, e até algumas questões levantadas sobre a obra de James Joyce, a serem investigadas como contribuições para a crítica, história e estética literária.


Palavras-chave


Analítica textual. Crítica literária. Wordnet. Shakespeare. Bíblia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2018vol3n2589

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Renato Fabbri, Luis Henrique Garcia Ferreira

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III

 

Bases indexadas