O ESTUDO EVOLUTIVO DO TREINAMENTO DO XADREZ E A INSERÇÃO DAS TECNOLOGIAS

Augusto Cláudio Santa Brígida Tirado, Valério Brusamolin

Resumo


A introdução das tecnologias no jogo de xadrez promove transformações no treinamento dos enxadristas, a incorporação de novas metodologias de treinamento, revisão de conceitos clássicos e no aparecimento de um jogador tecnológico. Propõe-se observar como os enxadristas utilizam as novas tecnologias e a evolução a partir dos métodos tradicionais de treinamento. Por meio de estudo bibliográfico e com uso de metodologia qualitativa, procedeu-se à observação dos sistemas adotados pelos jogadores de competição, com ênfase em Grandes Mestres de xadrez. O artigo identificou uma nova abordagem no treinamento competitivo dos jogadores em parceria com os principais programas de xadrez que são utilizados. A utilização dos recursos tecnológicos, limitam-se ao estudo preparatório dos jogadores para as competições. Desta forma, o enxadrista necessita reunir habilidades diante do enfrentamento de seus adversários. A utilização priorizando a tecnologia, indica a valorização da memória sobre outros aspectos das capacidades do enxadristas. Entretanto, para a compreensão do jogo faz-se necessário o estudo dos métodos clássicos sob a luz das novas tecnologias. Desta forma o jogador adquire um melhor entendimento da mecânica do jogo e suas características.


Palavras-chave


Xadrez; programas; Tecnologia; motores; Treinamento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2020vol5n11014

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Augusto Cláudio Santa Brígida Tirado, Valério Brusamolin

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III