O PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) E SEUS LIMITES E POTENCIALIDADES NA PROMOÇÃO DA SOBERANIA ALIMENTAR

Vinicius Antonio Banzato Facco, Jorge Ramón Montenegro Gómez

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo discutir as possíveis relações a se estabelecer entre a soberania alimentar, tomada como uma forma de resistência e superação para os movimentos sociais do campo, e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Pretende-se observar se os elementos discutidos no paradigma alternativo da soberania alimentar estão presentes neste mercado institucional. Para isso, apresentamos a experiência do assentamento Contestado, localizado no município paranaense da Lapa, com o PAA. Por meio de cinco entrevistas semiestruturadas com assentados participantes deste mercado e com entrevistas com trabalhadores da cooperativa do assentamento, observamos que, embora seja um dos principais instrumentos de ação governamental apropriados pela agricultura familiar e camponesa, há um relativo distanciamento da soberania alimentar quando ela é entendida como uma ontologia relacional alternativa.


Palavras-chave


Programa de Aquisição de Alimentos; Soberania alimentar; Segurança alimentar e nutricional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254790rmmaa2016vol1n1130

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Vinicius Antonio Banzato Facco, Jorge Ramón Montenegro Gómez2

Revista Mundi Meio Ambiente e Agrárias ISSN 2525-4790

Qualis: B2 - Sociologia, B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo