DESTINAÇÃO FINAL DE RSU NO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ

Micaela Chagas Almeida, Carolina Espinosa Gomes Cordeiro, Isabela Freitas Rodrigues, Marcos Antônio Cruz Moreira, Flávia Ribeiro Villela

Resumo


Como consequência do aumento da população e da produção de bens de consumo e alimentos, a geração de resíduos sólidos urbanos, também conhecido como RSU, cresce a cada dia constituindo uma preocupação mundial, visto que o descarte inadequado desses resíduos gera inúmeros problemas ambientais e de saúde pública. Desta forma, o presente estudo teve por objetivo realizar o levantamento de dados referentes ao gerenciamento de resíduos sólidos no município de Campos dos Goytacazes/ RJ entre os anos de 2007 e 2017, realizando uma análise comparativa entre os valores encontrados. Para desenvolvimento do presente estudo, foram utilizados dados divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento – SNIS e pelo portal oficial de comunicação da prefeitura de Campos dos Goytacazes/ RJ. De posse dos dados foi possível iniciar análises ao que tange às características referentes ao gerenciamento de RSU no município. Para tanto, fez-se uso de ferramentas estatísticas para cálculos de medidas descritivas e quantitativas como Média, Coeficiente de Variação e Coeficiente de Correlação Linear. Com a análise dos resultados verificou-se uma incoerência sócio ambiental comparando-se os dados de número populacional e coleta de RSU, visto que não existe uma relação direta entre as variáveis. Soma-se a isso um baixo índice de coleta seletiva e reciclagem de materiais no município, fato que prejudica a eficiência do gerenciamento de resíduos e leva a perdas econômicas, ambientais e sociais. Neste contexto, a prática da Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos- GIRS, conceito postulado pela PNRS, se mostra de relevante aplicação no município.

Palavras-chave


Resíduos sólidos urbanos. Gerenciamento de resíduos. Destinação final. Análise estatística. Campos dos Goytacazes

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Micaela Chagas Almeida, Carolina Espinosa Gomes Cordeiro, Isabela Freitas Rodrigues, Marcos Antônio Cruz Moreira, Flávia Ribeiro Villela

Revista Mundi Meio Ambiente e Agrárias ISSN 2525-4790

Qualis: B2 - Sociologia, B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo