Vigor vegetativo de árvores adultas de Cerasus campanulata (Maxim.) A.N. Vassiljeva sob influência de alterações paisagísticas

Jonathan Matheus dos Santos, Daniela Sanson, Jéssica Batista da Mata, Rogerio Bobrowski

Resumo


A qualidade das árvores em áreas urbanas é um fator importante para considerar no processo de gestão da floresta urbana, por conta da adaptabilidade e dos riscos que podem surgir. Por conta disso, o objetivo desta pesquisa foi avaliar a qualidade por meio do vigor de árvores adultas de Cerasus campanulata (cerejeira-do-Japão) em área urbana e sob influência de diferentes tratamentos paisagísticos, no Campus da Unicentro em Irati, Paraná. O vigor foi avaliado por meio da mensuração das variáveis comprimento, diâmetro, número de gemas dos quatro últimos ramos de crescimento de galhos dispostos nas posições cardeais (N, S, L e O), área foliar e densidade de copa em quatro árvores que estavam sob tratamentos paisagísticos distintos. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, com quatros blocos e quatro tratamentos em cada. Os resultados demonstraram que a posição cardeal dos galhos não promove distinções no vigor da espécie. Porém, constatou-se diferença significativa entre as características de vigor das árvores, pois houve redução do vigor nas árvores em que foi revolvido o solo na linha de projeção da copa e houve revigoramento nas árvores em que foi adicionada forração com grama e matéria orgânica. A espécie mostra-se sensível às alterações do solo próximo ao tronco.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Jonathan Matheus dos Santos, Daniela Sanson, Jéssica Batista da Mata, Rogerio Bobrowski

Revista Mundi Meio Ambiente e Agrárias ISSN 2525-4790

Qualis: B2 - Sociologia, B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo