A INTERDISCIPLINARIDADE, O USO DE MEDICAMENTOS E AS TECNOLOGIAS EM SAÚDE NO CONTEXTO DO PÉ DIABÉTICO

Joaquim Pedro Ribeiro Vasconcelos, Jéssica Camila de Sousa Rosa, Mário Fabrício Fleury Rosa

Resumo


Os impactos sociais ocasionados por alguns problemas de saúde tem levado a demanda crescente por tecnologias em saúde, sejam elas tecnologias duras, leve duras ou leves. Nesse estudo observamos esse processo de incorporação tecnológica no contexto das complicações decorrentes da Diabetes Mellitus no cotidiano de vida dos atores sociais envolvidos. Tal doença crônica possui altos índices de morbidade e mortalidade. Entre essas complicações evidenciamos o denominado pé diabético que podem resultar na amputação de membros inferiores. Nesse panorama cotejamos a utilização de algumas das tecnologias que o Sistema Único de Saúde já tem disponível para tratamento dessa problemática e uma nova tecnologia em estudo que associa o biomaterial látex embarcado com eletrônica. A partir da metodologia qualitativa que nos permite acesso a esses cenários e atores envolvidos no tratamento do pé diabético, observou-se os aspectos de interdisciplinaridade e uso racional de medicamentos no contexto da tecnologia e inovação em saúde. 


Palavras-chave


Tecnologia Biomédica; Comunicação Interdisciplinar; Uso Racional de Medicamentos; Pesquisa Qualitativa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254766msb2016vol1n2122

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Mundi Saúde e Biológicas

Revista Mundi Saúde e Biológicas ISSN 2525-4766

 

Bases indexadas