DIAGNÓSTICO DE ZIKA VÍRUS NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Jéssica Eduarda Oliveira, Ricardo Aparecido Pereira

Resumo


A Zika é uma doença viral que corresponde a família Flaviridae e gênero Flavivirus, disseminada pelo mosquito do gênero Aedes, por via sexual, perinatal e transfusional. A princípio foi identificado no Uganda em 1947 em amostra de soro de um macaco Rhesus, em 1952 em humanos, e sua entrada no Brasil deu-se no final de 2014, na região Nordeste. Apresenta sinais como febre, cefaleia e exantema maculopapular pruriginoso, em alguns casos pode não ocorrer a sintomatologia de febre. O diagnóstico é inespecífico, realizado basicamente por teste imunoenzimático (ELISA), investigação de imunoglobulinas (IgM e IgG), transcriptase reversa e reação em cadeia da polimerase em tempo real (RT-PCR). Ainda não há vacina ou antiretroviral que atuem na terapêutica da infecção, podem ser utilizadas medicações de suporte como analgésicos orais e antipiréticos. Este trabalho teve por objetivo identificar e analisar a produção científica de periódicos internacionais disponíveis na base de dados PubMed ao que refere-se sobre o diagnóstico de Zika vírus na gravidez. Através da Revisão Integrativa da Literatura, utilizou-se os seguintes descritores em língua inglesa registrados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Zika vírus, diagnostic, e pregnancy; delimitou-se os anos de 2015 a 2016; com foco em humanos e livre acesso dos periódicos. Dentro desses critérios, encontrou-se como resultado 70 publicações. Estas foram submetidas a análise quantitativa através da caracterização dos estudos, e a análise qualitativa, determinando-se categorias e em seguida discutindo-as. Esse estudo permitiu evidenciar a limitação dos testes diagnósticos disponíveis para o vírus Zika na gravidez, tendo-se a necessidade do aprimoramento de ensaios analíticos. Foi possível observar as dificuldades que os testes laboratoriais existentes enfrentam, e ainda, a essencial existência de medidas profiláticas que possam prevenir o contágio ou possibilitar a diminuição dos efeitos do vírus causados sobre o feto, as taxas de notificações e surtos da doença.

Palavras-chave


Zika vírus. Diagnostic. Pregnancy

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254766msb2018vol3n2472

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Mundi Saúde e Biológicas (ISSN: 2525-4766)

Revista Mundi Saúde e Biológicas ISSN 2525-4766

 

Bases indexadas