CIÊNCIA, TECNOLOGIA E PROGRESSO: A neutralidade como ideologia.

Juliana Fonseca da Silva Linhares Bueno, Mateus das Neves Gomes

Resumo


 O presente artigo pretende de uma forma sucinta discutir ciência, tecnologia e progresso como ideologia. Este trabalho será construído por meio de um levantamento bibliográfico que visa refletir sobre os diversos fatores ideológicos imbricados na racionalidade tecnocientífica utilizada como instrumento de controle social. O trabalho desenvolvido consiste em uma discussão teórica relacionada ao conceito de ideologia de Karl Marx e a concepção de progresso, vinculada à epistemologia da Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS).


Palavras-chave


Ciência e Tecnologia; Ideologia; Progresso; CTS.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2020vol5n11216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Juliana Fonseca da Silva Linhares Bueno

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia