ESPERANÇA NO TRABALHO RESULTADOS DE UMA PESQUISA HOPE AT WORK RESULTS OF A RESEARCH

Elaine de Souza Costa

Resumo


 

Elaine de Souza Costa[1] 

Fernando Toledo Ferraz[2] 

 

Resumo: Este artigo é resultante de pesquisa realizada em estudos de mestrado, cujo foco principal esteve sobre a Felicidade e o Bem-Estar na Gestão do Trabalho. Partiu do pressuposto que os trabalhadores precisam encontrar uma dimensão de valor entre as atividades que realizam e os resultados que recebem de seus empregadores e gestores como resposta e espelho sobre este trabalho realizado. Através das publicações científicas consultadas, foram observados indícios de que para as pessoas alcançarem estágios de felicidade e bem-estar, passam por rotas internas de expectativas, resiliência, adaptação e esperança, que são os caminhos de aprendizado e estímulo por onde os indíviduos se movem para o atingimento de metas. A Esperança encontra-se no cerne dos caminhos levantados pela Psicologia Positiva, organizada por Martin Seligman a partir de 1998 ao tomar posse da APA (American Psychological Association).  O psicólogo a partir desta data, com a contribuição de diversos pesquisadores, verificou que em todas as culturas e religiões do mundo, há um compartilhamento dos mesmos conceitos sobre as capacidades internas humanas, que foram classificadas pela Psicologia Positiva como Forças e Virtudes. Os caminhos da Esperança encontram-se dentro desses grupos de forças e virtudes estudados por esta psicologia mais recente, em sendas que levam os indivíduos a pensar e analisar as situações por todos os ângulos em busca de resolução de problemas e atingimento de metas que conduzam ao bem-estar, felicidade e qualidade de vida.

Palavras-Chave: Esperança. Esperança Disposicional. Bem-Estar

 

 


[1] Mestre em Sistemas de Gestão pela Universidade Federal Fluminense, UFF, Niterói/RJ

E-mail: elainemaebineri@gmail.com

[2] Doutor em Engenharia de Produção, Professor do Departamento de Engenharia de Produção e Mestrado em Sistemas de Gestão da Universidade Federal Fluminense, UFF, RJ. E-mail: fernandoferraz@id.uff.br 

 

 

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2020vol5n11273

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Elaine de Souza Costa

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia