ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA: DESAFIOS DA EDUCAÇÃO CTS NO CONTEXTO EDUCACIONAL BRASILEIRO.

Marcel Cunha, Hugo Alberto Perlin

Resumo


Este estudo tem como objetivo apresentar uma base histórica e conceitual de CTS e suas relações com a Educação CTS, em especial no contexto educacional brasileiro. O aporte teórico fundamentou-se em autores com trabalhos já consolidados em Educação CTS no Brasil, bem como a análise de publicações em periódicos brasileiros. A metodologia utilizada foi a de pesquisa bibliográfica com base em livros, publicações em periódicos brasileiros e bancos de dissertações e teses. Os resultados demonstraram que o campo educacional é visto como meio para a sedimentação do movimento CTS e apesar deste movimento iniciado na década de 1970 não ter origem neste campo, atualmente tem sua difusão pautada nas ações da alfabetização científica e tecnológica. Em resumo, acredita-se que ao promover a alfabetização científica e tecnológica, como prática inclusiva, colabora-se para a democratização da ciência que é o fundamento para o início do movimento CTS. Essa alfabetização pode ser ofertada por diversos atores sociais em espaços formais e não-formais de educação.

Palavras-chave


Educação CTS. Alfabetização científica e tecnológica. Interdisciplinaridade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2020vol5n11291

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Marcel Cunha, Hugo Alberto Perlin

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia