INTERVENÇÃO DO ESTADO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NA “DEUSA DOS CEREIAIS”: DA COLÔNIA AGRÍCOLA AO INSTITUTO FEDERAL GOIANO CAMPUS CERES

Marco Antonio Carvalho, Claudecir Gonçales, Léia Adriana da Silva Santiago, Haslley Jesus da Costa

Resumo


Pretende-se refletir sobre o papel do Estado nas questões inerentes às políticas públicas de formação profissional na região denominada Vale de São Patrício, Goiás, no contexto das diversas fases do processo de incorporação, expulsão e reincorporação de trabalhadores rurais, permeado por questões agrárias na mesorregião do Centro Goiano. Busca-se reconstruir fragmentos da história da educação profissional na área de abrangência do Instituto Federal Goiano Campus Ceres, que desde o processo de colonização e de reforma agrária, com a criação da Colônia Agrícola Nacional de Goiás – CANG, na década de 1940, evidenciava a vocação agrícola da “Deusa dos Cereais” - Ceres. Discute-se o papel do Estado na implantação de políticas de desenvolvimento regional, colonização agrícola e reforma agrária e correlacionam-se tais questões com o processo de criação do Instituto Federal em foco, possibilitando uma interface com as questões da educação profissional na região, inferência feita, igualmente, de forma histórica. Nessa perspectiva, por meio de uma investigação documental e bibliográfica em busca de fragmentos históricos que dessem sustentação à correlação pretendida, foi possível observar que em diversos momentos da comunidade sampatriciense, particularmente a ceresina, as preocupações com a educação e profissionalização de jovens estiveram presentes. As políticas públicas de Estado na região do Vale de São Patrício, historicamente estiveram correlacionadas. Na questão agrária, historicamente os discursos da inclusão e equidade estiveram presentes, mas têm apresentado resultados inversos aos preconizados, particularmente quanto à concentração de renda e riquezas e à consequente exclusão. No que se refere ao ensino técnico profissional, ele igualmente acompanha o movimento de expansão do capital sob a égide das políticas de Estado, mudando seu foco e prioridades em conformidade com as diretrizes de desenvolvimento econômico.

Palavras-chave


desenvolvimento regional. educação profissional. técnico agrícola.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2017vol2n2346

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Marco Antonio Carvalho, Claudecir Gonçales, Léia Adriana da Silva Santiago, Haslley Jesus da Costa

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia

 

Bases indexadas