INSTITUCIONALIZAÇÃO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE (CTS): A CONSTRUÇÃO PELA TECNOLOGIA SOCIAL

Alexandre Chiarelli, Sidney Reinaldo da Silva

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo discutir o processo de institucionalização da Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS), através do desenvolvimento da Tecnologia Social. Para o desenrolar do processo de pesquisa torna-se necessário compreender como ocorreu o desenvolvimento desta institucionalização no Brasil utilizando como trajeto a explicação da relevância da Tecnologia Social na construção da CTS, assim como identificar os pontos de conexão entre a Tecnologia Social e a educação. O desenvolvimento metodológico ocorre pela Teoria Ator-Rede visando compreender as especificidades dos atores envolvidos, humanos e não-humanos, na elaboração da rede de interligações mutuas, visando compreender a adequação sócio-técnica adequada a ser aplicada.


Palavras-chave


Tecnologia Social. Educação Profissional. Instituto Federal. CTS.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2018vol3n1529

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Alexandre Chiarelli, Sidney Reinaldo da Silva

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia

 

Bases indexadas