AS POSSIBILIDADES DE INCLUSÃO APONTADAS PELA REALIDADE DOS ESTUDANTES DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ EM UM CENÁRIO DE CONTINUIDADE E RUPTURAS

Sandra Terezinha Urbanetz, Amarildo Pinheiro Magalhães

Resumo


Esse artigo tem como objetivo apresentar os resultados do levantamento institucional em dois segmentos: unidades consolidadas e unidades não consolidadas a fim de subsidiar a discussão sobre os processos inclusivos oriundos da proposição de implantação dos Institutos Federais. A partir dos critérios de seleção de ingresso, observa-se um movimento por parte do IFPR em constituir-se como instituição de ensino preocupada com a transformação social por meio da educação. Ao se analisar os dados organizados nas tabelas, observa-se que, em nove dos doze campi consolidados, cerca de 80% dos estudantes matriculados em 2016 possuem renda familiar per capta inferior a 1,5 SM demonstrando que o IFPR tem cumprido seu papel enquanto instituição que busca a inclusão social.

Palavras-chave


Inclusão Social; Educação Profissional; Rede Federal

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2018vol3n3674

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Sandra Terezinha Urbanetz

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia

 

Bases indexadas