AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO IFPR SOB MÚLTIPLOS OLHARES – UM ESTUDO LONGITUDINAL

LEILA CLEURI PRYJMA

Resumo


Esta pesquisa, desenvolvida de forma longitudinal pelo Grupo de Pesquisa Representação Social, Subjetividade e Identidade busca encontrar a identidade do Instituto Federal do Paraná - Campus Pitanga, considerando identidade como resultado do processo de socialização, que compreende o cruzamento dos processos relacionais e biográficos (DUBAR, 1997) . Nesta conjuntura analisamos a representação social do IFPR a partir do aporte teórico-metodológico da Teoria das Representações Sociais proposta por Serge Moscovici (1961) e Jodelet (2001, 2007,2009) tendo como busca a Teoria do Núcleo Central (ABRIC, 1994, 2000). A busca desta representação foi feita em três categorias, sendo elas servidores, discentes e comunidade. Participaram deste estudo 12 docentes em 2016 e 17 em 2017, 60 alunos em 2016 e 125 em 2017, da categoria comunidade foram 68 participantes em 2016 e 59 em 2017. Utilizamos um Teste de Associação Livre de Palavras com o termo indutor “o IFPR é...” , solicitamos a hierarquização e a justificativa do 1º termo. O processo de análise das palavras evocadas foi organizado pela Ordem Média de Evocações e pela Ordem Média de Importância, utilizamos o software EVOC, realizamos a análise prototípica (Vèrges,2001), bem como os dados foram submetidos ao software IRAMUTEQ (Ratinaud, 2009) para a obtenção da análise de similitude e a criação da nuvem de palavras (metadado). Dentre as palavras mais evocadas pelos participantes destacam-se “oportunidade” e “conhecimento” comuns a todas as categorias. A alta frequência desses termos indicam o provável núcleo central, os pesquisadores compreendem as representações sociais do IFPR estão se formando ao  longo dos anos em todas as categorias  pesquisadas, fato comprovado na triangulação dos dados, observados na análise de similitude, na nuvem de palavras e no conteúdo das respostas.  


Palavras-chave


Representações sociais. Identidade. Instituto Federal do Paraná. Análise Prototípica. Teoria do Núcleo Central.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254774rmsh2019vol4n1694

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 LEILA CLEURI PRYJMA

Revista Mundi Sociais e Humanidades ISSN 2525-4774

Qualis: B2 - Ensino, B4 - Interdisciplinar, B4 - Psicologia

 

Bases indexadas