STORYTELLING EM A RAINHA DE KATWE

Geovana Ezequieli de França, Paulo Virgilio Rios Rodriguez, Valério Brusamolin

Resumo


As histórias e narrativas estão em todas as partes, compartilhar e contar acontecimentos faz parte do meio de socialização do homem, desde muito tempo. Por meio dessas histórias pode-se aprender algo novo, conhecer novos hábitos e costumes, se emocionar, se motivar e criar novos vínculos. Assim como a contação de histórias remete à socialização, jogar xadrez pode proporcionar o conhecimento de mundo, interesse pela escola, viagens, perspectiva de vida e esperança. O filme,“Rainha de Katwe”, conta a história de, Phiona Mutesi, uma jovem de uma região periférica da Uganda que, em pouco tempo, se torna campeã nacional de xadrez. O objetivo da pesquisa é identificar qual a influência do jogo de xadrez ao longo da história de vida da famosa Phiona Mutesi. Para entender compreender como os atores envolvidos nesse enredo utilizou-se da metodologia para a análise de discurso, desta forma é possível identificar os elementos presentes na narrativa do filme. Os resultados obtidos pelo estudo são importantes tanto para a área do xadrez como para as áreas de estudo que analisam a storytelling como uma ferramenta.


Palavras-chave


Narrativas; Xadrez; Superação; Rainha.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2020vol5n11023

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Geovana Ezequieli de França

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III