ANALISE DA DEGRADAÇÃO DE PAINÉIS FOTOVOLTAICOS

Franz Rangel Braga, Keyla Rezende Cardoso, Yuri Amon Silva Gomes, José Waltrudes Castanheira Pereira, Marcio Zamboti Fortes, Daniel Henrique Nogueira Dias

Resumo


O Brasil tem um alto potencial de irradiação solar em sua extensão e sistemas fotovoltaicos isolados da rede estão sendo instalados no país desde o início dos anos 90. Nos primeiros anos, não houve padronização que determinasse níveis mínimos de eficiência em sistemas instalados. Tendo em vista o aumento da geração distribuída por meio de instalações fotovoltaicas nos últimos anos, este artigo busca analisar o atual padrão de validação exigido pelos órgãos governamentais normativos brasileiros com as especificações técnicas do fabricantes que participam do mercado brasileiro de energia fotovoltaica. Este trabalho inclui a análise de degradação de módulos fotovoltaicos a partir de dados coletados em uma instalação na cidade do Rio de Janeiro  a fim de fazer uma avaliação qualitativa dos módulos solares instalados no Brasil, e propõe recomendações para minimizar perdas em sistemas fotovoltaicos de geração de energia. O sistema fotovoltaico analisado apresentou desempenho de acordo com o declarado pelo fabricante.

Palavras-chave


Geração Distribuida. Sistemas Fotovoltaicos. Eficiência. Análise Qualitativa.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2021vol6n21033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Franz Rangel Braga, Keyla Rezende Cardoso, Yuri Amon Silva Gomes, José Waltrudes Castanheira Pereira, Marcio Zamboti Fortes, Daniel Henrique Nogueira Dias

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III