ANÁLISE AMBIENTAL: UM MODELO DE REFERÊNCIA BASEADO NA TEORIA DE SISTEMAS

Camila do Nascimento Cultri

Resumo


Este estudo apresenta uma análise ambiental do processo de fabricação de calçados. O plano de referência foi apresentar um diagnostico de sessões críticas com relação à geração de resíduos e o objetivo foi contribuir com propostas de ações para a mitigação dos resíduos industriais. Foram consideradas as etapas do processo produtivo de calçados: modelagem, corte, pesponto, montagem, acabamento e prancheamento. Adotou-se a abordagem sistêmica como modelo de referência conceitual para as análises. Foi realizada uma pesquisa exploratória, com observação direta e qualitativa. O método do estudo de caso foi aplicado em uma pequena empresa de calçados femininos e masculinos, localizada em Franca, São Paulo. A Teoria de Sistemas possibilitou observação sob o funcionamento do processo produtivo, bem como do tratamento dos resíduos industriais ou da falta deles, assim como das práticas gerenciais. Os resultados, apresentam que as abordagens “Entradas e Saídas, Soft Systems Methodology e o Ciclo PDCA” utilizados cumpriram a função de permitir uma análise totalitária do processo produtivo, facilitando a organização de projetos e servindo de instrumentos para a tomada de decisão. 


Palavras-chave


Produção, Processos, Teoria de Sistemas, Gestão Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2021vol6n41508

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Camila do Nascimento Cultri

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III