DISTRIBUIÇÃO CHEN APLICADA EM DADOS DE CÂNCER DE MAMA COM FRAÇÂO DE CURA E COVARIÁVEL

Marcos Vinicius de Oliveira Peres, Franchesco Sanches dos Santos, José Bruno Pereira Souza, Lainy Grande Crispiniano

Resumo


Em diversos estudos médicos relacionados com tempo de vida encontra-se situações onde uma parcela dos indivíduos em tratamento não irão morrer, isto é, serão curados. Para modelagem desses dados, as técnicas estatísticas tradicionais não são adequadas, se fazem necessários modelos mais complexos e abordagem diferentes. Neste trabalho, propomos abordar esse tipo de dados considerando modelos de fração de cura com mistura e não mistura baseados em uma distribuição Chen, sobre uma abordagem Bayesiana para as estimativas dos parâmetros. Esse modelo proposto é aplicado em dados de câncer de mama e comparado com os modelos baseados na Weibull tradicional. Um estudo considerando o impacto na proporção de curados da presença do receptor de estrogênio é realizado. Os modelos propostos mostraram-se adequados para modelar dos dados, mensurando satisfatoriamente as frações de cura com e sem a covariável. Por fim, apresentamos partes dos códigos utilizados neste trabalho em um apêndice.

Palavras-chave


Inferência Bayesiana. Função de risco. Receptor de estrogênio.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2021vol6n31614

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Marcos Peres, Franchesco Sanches dos Santos, José Bruno Pereira Souza, Lainy Grande Crispiniano

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III