A RELAÇÃO DO BRAND EQUITY COM A LUCRATIVIDADE DE EMPRESAS NO BRASIL

Stefane Johnsson Bueno Guimarães, Luis Ricardo Guimarães, Janaína Seguin

Resumo


Os avanços da tecnologia e a crescente competitividade trouxeram grandes transformações no mundo corporativo. A diferenciação no mercado está atrelada ao diferencial competitivo em relação aos concorrentes. Este diferencial, também pode ser atribuído ao valor do ativo intangível de uma organização, como por exemplo, marcas e patentes, capital intelectual e goodwill. Muitos desses ativos chegam a valer mais que os ativos tangíveis, gerando desempenho diferenciado e riquezas futuras para a organização. Um desses casos é a marca e ela pode ser um dos fatores que explica a diferença entre o valor contábil da empresa e o seu valor de mercado. Surge então o brand equity, a força que a marca possui como ativo dentro da empresa. Esta pesquisa tem por objetivo demonstrar a influência que a marca possui na geração do lucro das organizações através do respectivo valor de marca calculado pela consultoria Interbrand e do valor do lucro da empresas obtido através da Econoinfo. Por meio da análise de regressão linear simples verificou-se relação positiva entre o valor da marca e o lucro das empresas listadas no ranking da consultoria Interbrand.


Palavras-chave


Ativo Intangível; Brand Equity; Lucro; Marca.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2017vol2n1164

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Stefane Johnsson Bueno Guimarães, Luis Ricardo Guimarães, Janaína Seguin

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III