EFLUENTE CERVEJEIRO COMO PLATAFORMA PARA GERAÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE PHORMIDIUM AUTUMNALE

Aline Meireles dos Santos, Eduardo Jacob Lopes, Rafaela Basso Sartori, Bruna Klein, Leila Queiroz Zepka

Resumo


O objetivo do estudo foi avaliar a produção de biodiesel pela cianobactéria Phormidium autumnale a partir do efluente cervejeiro como plataforma de produção. Os experimentos foram realizados em um reator de coluna de bolhas, operando à temperatura constante de 30°C, pH de 7,6, em diferentes razões C/N (20, 40, 60 e 80), 100 mg.L-1 de inóculo, aeração constante de 1VVM (volume de ar por volume de cultura por minuto) e ausência de luz. Os resultados indicam que a razão C/N de 80 resultou em um melhor desempenho do sistema, atingindo produtividade celular de 25,97 mg/L.h em paralelo com teor lipídico de 6,33%. A composição do óleo é predominantemente saturado (53,38%) e monoinsaturado (25,98%), adequado para a síntese de biodiesel (teor de éster de 89,87%, número de cetano de 62,93, índice de iodo de 50,13 g100gI2-1, grau de insaturação de 47%, índice de saponificação de 195,54, fator saturados de cadeia longa de 6,74%, ponto de entupimento do filtro a frio em 4,7°C, ponto de névoa em 12°C, equivalente de posição alílica de 33, equivalente de posição bis-alílicos de 17,37, estabilidade oxidativa de 13,81h, calor de combustão de 35,13, viscosidade cinemática 3,091 mm² s-1 e densidade cinemática de 0,78 g cm-³).


Palavras-chave


cianobactéria. efluente agroindustrial. razão C/N. composição de ácidos graxos. biocombustível.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2016vol1n2228

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Aline Meireles dos Santos, Eduardo Jacob Lopes, Rafaela Basso Sartori, Bruna Klein, Leila Queiroz Zepka

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III