A VISÃO BASEADA NOS RECURSOS E O ESTUDO DO AMBIENTE INTERNO DA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR

Celia Carli, Horacio Nelson Hastenreiter Filho, Larissa Mellinger

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar a investigação de como a disponibilidade dos recursos internos da Pró-reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação - PROEPI, unidade pertencente ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR) - afeta as ações relativas às áreas de Extensão, Pesquisa e Inovação. O estudo de caso desenvolvido teve como base teórica a Visão Baseada em Recursos - VBR, a qual enfatiza que as estratégias organizacionais podem ser formuladas a partir da disponibilidade de recursos e capacidades internos de cada organização. Foi utilizado o modelo teórico de avaliação de estratégia (Modelo de Grant, 1991), o qual sugere que a organização ao desenvolver estratégias para obtenção de novos recursos e competências, deve primeiro avaliar seu ambiente interno, os recursos e capacidades que têm disponível, para que sejam selecionados os recursos que servem de base para geração de competências. O procedimento permitiu identificar as principais forças e fraquezas da pró-reitoria e, ao mesmo tempo, situar a importância dos recursos internos e das competências das pessoas para a tomada de decisão quanto às futuras estratégias.

Palavras-chave


Planejamento estratégico; Recursos; Capacidades; Recursos internos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Celia Carli

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III