ANÁLISE CRÍTICA DOS ACIDENTES DE TRABALHO NO POLO NAVAL DE RIO GRANDE

Liliane Ferreira Gomes, Mauro de Vasconcellos Real

Resumo


O presente artigo é uma análise crítica dos acidentes de trabalho ocorridos no Polo Naval do Rio Grande, de 2009 a 2014. Para realizar está análise os dados destas ocorrências foram inseridos em uma tabela de dados de forma a apresentar os indicadores dos acidentes de trabalho e sua evolução através dos gráficos gerados. A tabela de dados apresenta duas planilhas referente a dois projetos desenvolvidos no período, os quais são a base deste estudo. Os indicadores avaliados foram o número de acidentes com lesão com afastamento - NCA, número de acidentes com lesão sem afastamento - NSA, hora homem de exposição ao risco – HHER, taxa de frequência dos acidentes com afastamento - TFCA e taxa de frequência dos acidentes sem afastamento - TFSA. O objetivo principal é demonstrar e verificar que nas diversas fases e períodos destes projetos de construção naval, com uma base de dados de controle apropriada, é possível realizar diversas análises comparando e agrupando estes dados. Deste modo, este estudo propõe uma forma de controle destes indicadores para as empresas, contribui na composição de material sobre um tema relevante, para conhecimento da área. Fornecendo assim subsídios para a elaboração de melhores ações corretivas e preventivas no sistema de gestão relacionado a Segurança do Trabalho na indústria naval.


Palavras-chave


Análise crítica. Acidentes do trabalho. Indústria naval. Polo naval.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2017vol2n1330

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Liliane Ferreira Gomes, Mauro de Vasconcellos Real

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III