ANÁLISE COMPARATIVA DOS ESFORÇOS SEMIPROBABILÍSTICOS E PROBABILÍSTICOS DAS REAÇÕES NAS ESTACAS DE DOLFINS PORTUÁRIOS

Bolívar Zanella Ribeiro, André Pereira Ramos, João Paulo Silva Lima, Mauro de Vasconcellos Real

Resumo


As estruturas portuárias de natureza discreta, também denominadas dolfins, geralmente construídas nas adjacências dos terminais para atracação de navios em regiões portuárias, são submetidas a ações variáveis de comportamentos muito complexos, de previsibilidade por vezes muito difícil. Por este motivo, justifica-se a realização de uma análise estrutural onde a distribuição estatística dessas ações seja levado em consideração. Neste trabalho, a partir de um modelo estrutural de elementos finitos, foi feita uma análise probabilística da estrutura de dois dolfins semelhantes – um de amarração e outro de atracação – considerando o efeito da variabilidade dos esforços solicitantes nos valores das reações nas estacas, através do método de Monte Carlo. Os resultados foram então comparados com os de uma análise semiprobabilística. Para a execução do modelo de elementos finitos e da análise probabilística da estrutura foi utilizado o software ANSYS. Os resultados mostram que os esforços de reação das estacas das estruturas obtidos nos dois métodos de análise (probabilístico e semiprobabilístico) são semelhantes, indicando que o modelo semiprobabilístico atende bem às exigências de projeto destas estruturas.

Palavras-chave


Dolfins; Elementos Finitos; Análise Probabilística; Monte Carlo; ANSYS.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2017vol2n1344

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Bolívar Zanella Ribeiro

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III