O CAPITAL INTELECTUAL COMO CRIAÇÃO DE VALOR EM INCUBADORA DE EMPRESAS: ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA E ESTUDO DE CASO

Danielly Oliveira Inomata, Elizandra Machado, Neimar Follmann, Gregorio Jean Varvakis Rados

Resumo


As incubadoras são promotoras de um ambiente propício à cooperação e à inovação, além de proporcionarem às empresas o apoio de gestão, a estrutura física e a possibilidade de formação de uma rede de relacionamentos. O presente artigo tem como objetivo geral refletir sobre a contribuição do capital intelectual na criação de valor em incubadoras de empresas. Para alcançar este propósito os objetivos específicos são: verificar a produção científica sobre o tema; e, compreender as evidências literárias e empíricas. Para conduzir a pesquisa, utilizou-se o método de intervenção PROKNOW-C, para realizar a análise bibliométrica e sistêmica dos artigos, além disso, foram realizadas reuniões com especialistas para a compreensão das evidências. Os resultados desse estudo apontam que a agregação de valor é decorrente da capacidade que as incubadoras têm de conectar as empresas em rede e com fontes de conhecimento (universidades, centros de pesquisa, etc.) para atender às necessidades das empresas incubadas. Destaca-se que o capital intelectual em incubadora de empresas é um fator importante para fomentar as empresas incubadas e também como fonte de geração de valor para esses negócios. 


Palavras-chave


Capital Intelectual. Incubadora de empresas. Criação de Valor. Criação de novos negócios.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2016vol1n179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Danielly Oliveira Inomata, Elizandra Machado, Neimar Follmann, Gregorio Jean Varvakis Rados

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III