PREDIÇÃO DA RADIAÇÃO SOLAR GLOBAL USANDO MODELOS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

Jéssica Mendes de Oliveira, Daiana Da Silva Santos, Robson Mariano Da Silva

Resumo


O presente artigo utiliza redes neurais artificiais (RNAs) de Perceptron de Múltiplas camadas (MLP) na predição da radiação global média diária, no município de Seropédica-RJ. O conjunto de dados meteorológicos foi obtido junto ao INMET/ Estação Ecológica Agrícola (A601). O modelo computacional proposto foi avaliado com a incorporação das variáveis: temperatura, umidade, ponto de orvalho, pressão e velocidade do vento na predição da radiação solar global. A configuração da rede MLP com duas camadas ocultas e número de neurônios (5,1) respectivamente nas referidas camadas, apresentou desempenho de 87,92% no conjunto de validação em termos do índice de confiança (IC). Os resultados obtidos evidenciam desempenho promissor do modelo proposto na predição da radiação solar global.

Palavras-chave


Redes Neurais, radiação Solar, Predição, Modelo computacional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254782rmetg2019vol4n5940

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Jéssica Mendes de Oliveira, Daiana Da Silva Santos, Robson Mariano Da Silva

Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão ISSN 2525-4782

Qualis: B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, B5 - Comunicação e Informação, B5 - Engenharias III