Análise temporal da variação da textura e nutrientes do solo provocada pelo uso do glifosato

Alessandra Roberta Pedroso da Silva, Jeferson Rodrigues Nunes, Jonatas Kenji Onishi, Renan Donizete Fernandes de Mattos, Liliane Moreira Nery, Darllan Collins da Cunha e Silva, Vanessa Cezar Simonetti

Resumo


Um dos maiores problemas enfrentados na agricultura está relacionado as espécies de plantas invasoras em áreas com potencial produtivo. Assim, a busca por melhorias na produção agrícola levou à utilização de herbicidas que podem alterar a qualidade físico-química do solo. Este estudo teve como objetivo analisar as alterações dos atributos físico-químicos do solo, relacionados à classe textural e nutrientes, antes e após a aplicação do herbicida glifosato. Para isso, foi delimitada uma área de 600 m² onde foram coletadas amostras de solo para análises físico-químicas antes e após as aplicações do herbicida glifosato, e comparando se a classes texturais, assim como os nutrientes do solo, sofreram alterações após a aplicação do herbicida. Os parâmetros físicos relacionados às classes texturais do solo evidenciaram que a maior alteração foi encontrada na fração de areia grossa, com um coeficiente de variação (CV) de 70,7%, seguido do silte, com 35,5%, enquanto a argila e a areia fina apresentaram coeficientes de variação de 14,9% e 9,5%, respectivamente. Quanto aos parâmetros químicos relacionados aos nutrientes do solo, o Zn foi o elemento que apresentou o maior coeficiente de variação, com 48,4%, seguido do Fe com 26,0%. Portanto, os resultados obtidos no estudo  sugerem que as maiores interferências foram decorrentes da exposição do solo por conta da decomposição e extinção da vegetação protetora, bem como dos possíveis arrastes de partículas provenientes do solo desprotegido, do que, necessariamente, pelos compostos relacionados a aplicação do herbicida no solo.


Palavras-chave


fertilidade. granulometria. herbicida. manejo do solo. análises físico-químicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254790rmmaa2021vol6n11308

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Alessandra Roberta Pedroso da Silva, Jeferson Rodrigues Nunes, Jonatas Kenji Onishi, Renan Donizete Fernandes de Mattos, Liliane Moreira Nery, Darllan Collins da Cunha e Silva, Vanessa Cezar Simonetti

Revista Mundi Meio Ambiente e Agrárias ISSN 2525-4790

Qualis: B2 - Sociologia, B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo