CORRELAÇÃO PARA ESTIMATIVA DA GERAÇÃO SEGREGADA DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Tatiani Sobrinho Del Bianco, Tainá Caionara de Oliveira, Camilo Freddy Mendoza Morejon, Jandir Ferrera de Lima

Resumo


O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil (RCC), para o qual é importante a estimativa dos tipos e quantidades de RCC, gerados nos municípios. Desse modo, o objetivo do trabalho foi o desenvolvimento de uma correlação para a estimativa (global e segregada) do potencial de geração de RCC. Foi considerado como elemento de estudo três tipos de construções (casa, sobrado e prédio) e por meio da especificação das matérias primas, dos produtos e da eficiência de aproveitamento, em cada uma das atividades/etapas do processo de construção civil, bem como com auxílio dos balanços totais e parciais de massa, complementados com dados dos alvarás e dados coletados/monitorados junto as empresas construtoras da cidade de Toledo-PR, foi possível sistematizar a relação que existe entre as quantidades de materiais utilizados e as quantidades e tipos de RCC gerados. O resultado do trabalho foi quatro correlações para a estimativa global e segregada de RCC, a primeira para casas, a segunda para sobrados, a terceira para prédios e uma quarta com os valores médios. Este último com um fator de geração global de RCC de 160 kg/m² e fatores para a estimativa da composição segregada dos RCC o qual é composto de 23 tipos. Finalmente essas correlações foram aplicadas para a estimativa de geração total e segregada de RCC no Município de Toledo-PR, no qual se evidencia o potencial econômico de cada um dos componentes dos RCC (43.899,84 t/ano).

Palavras-chave


Gestão de Resíduos, Desenvolvimento Regional, Construção Civil, Potencial Econômico dos Resíduos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254790rmmaa2016vol1n2247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Tatiani Sobrinho Del Bianco

Revista Mundi Meio Ambiente e Agrárias ISSN 2525-4790

Qualis: B2 - Sociologia, B4 - Interdisciplinar, B5 - Geografia, B5 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo