Avaliação de informações sobre tratamento da Covid-19 disponíveis na rede de internet

Jaqueline Aparecida de Ramos Machado, Camila Garcia Salvador Sanches

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar as informações disponíveis em sites de busca da internet e verificar sua veracidade de acordo com as publicações científicas disponíveis sobre o assunto, bem como, verificar se as informações disponíveis podem causar algum risco à população que utiliza essa ferramenta como forma de pesquisa para obter informações sobre o tratamento. Para isso, foram analisadas 300 páginas do Google e Youtube, destas 167 foram selecionadas para o trabalho e 133 foram excluídas por não abordarem o assunto ou serem repetidas. Das 167 páginas analisadas, 127 (76%) correspondem a sites que indicam algum tipo de terapia. Práticas Integrativas e Complementares (PICS) apareceram em 43 páginas (33,86%) principalmente como forma complementar ao tratamento ou às doenças associadas ao isolamento social. Medicamentos de suporte para os sintomas ou durante a internação apareceram em 10,24% das páginas. Hidroxicloroquina (9,45%), Azitromicina (8,66%) são as formas de tratamento que mais aparecem, seguidas de dexametasona (7,09%) cloroquina (6,30%) e ivermectina (6,30%). Também foram verificadas páginas com indicação de remdezivir (5,51%), zinco e vitaminas (4,72%), dieta ou equilíbrio emocional (4,72) e medicamentos caseiros (3,15%). Os medicamentos mais encontrados para tratamento da Covid-19 foram aqueles que apresentaram somente eficácia in-vitro. A busca por esses medicamentos aumentou entre a população, trazendo também os riscos à saúde, que motivada pelo medo da doença Covid-19 busca alternativas farmacológicas sem orientação médica. Cresceu também a busca pelo uso de vitaminas, minerais, práticas integrativas de saúde e receitas caseiras. Conclui-se que não há medicamentos para cura e as medidas de prevenção são essenciais durante a pandemia. As PICS podem ser usadas com orientação de um profissional da saúde proporcionando melhoria no bem-estar físico e principalmente psicológico.


Palavras-chave


Covid-19; Fake News; Automedicação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254766msb2022vol7n21692

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Revista Mundi Saúde e Biológicas (ISSN: 2525-4766)

Revista Mundi Saúde e Biológicas ISSN 2525-4766

 

Bases indexadas