PERFIL DE INICIANTES NA PRÁTICA DE MUSCULAÇÃO: HÁ DIFERENÇAS ENTRE HOMENS E MULHERES

Gustavo Ferreira Pedrosa, Camila Bicalho, Rodrigo Cesar Diniz, Ayrton Jean, Ricardo Ferreira Pedrosa, Marcos Henrique Rodrigues dos Santos

Resumo


A prática regular de musculação representa um meio eficaz para o desenvolvimento de aspectos que podem melhorar a qualidade de vida das pessoas. Este trabalho tem como objetivo elaborar e comparar o perfil de homens e mulheres que iniciaram a pratica da musculação em uma academia em Belo Horizonte durante o período de um ano.  O perfil foi elaborado por meio das informações registradas na avaliação física submetida em cada indivíduo matriculado nesta academia. O número de iniciantes registrados foi de 245 participantes, 150 mulheres e 95 homens. O teste T de Student identificou que a massa corporal e a estatura dos homens foi significativamente maior do que a das mulheres (p < 0,05), porém o % de gordura das mulheres foi maior do que dos homens, embora não tenha sido detectada diferença estatística no índice de massa corporal (p > 0,05).  Na comparação entre objetivos, mulheres visam emagrecimento e homens aumento da massa muscular. Por meio dos resultados encontrados neste estudo, conclui-se que mais mulheres iniciam a pratica da musculação do que homens. Além disso, os homens deste estudo objetivam hipertrofia muscular e mulheres perda de gordura.

Palavras-chave


Musculação. Emagrecimento. Hipertrofia. Qualidade de vida

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21575/25254766msb2016vol1n2219

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Mundi Saúde e Biológicas (ISSN: 2525-4766)

Revista Mundi Saúde e Biológicas ISSN 2525-4766

 

Bases indexadas